Não encontrou o que procurava? Dê uma olhada nessas páginas!

DataFlex Reports | Características

Características

Quer relatórios? Sua procura acabou!

Sem limites.

Para criar relatórios complexos é importante ter controle sobre o layout e o comportamento do relatório. O DataFlex Reports fornece um extensivo ambiente para manutenção do design, e uma vasta biblioteca para o desenvolvedor de software integrar seus relatórios em aplicações Windows, web e dispositivos móveis.

O que você vê no ambiente de design, é o que você terá no final

Os relatórios transmitem informações. Porém, eles também exigem um bom design. O DataFlex Reports fornece um ambiente de design visual para criar relatórios de boa aparência. As ferramentas WYSIWYG ajudam a criar um resultado perfeito, incluindo texto, objetos e gráficos.

Poderosos assistentes para a criação de novos relatórios

A criação de novos relatórios pode ser totalmente guiada por um assistente. Simplesmente avance por todos os passos para obter a primeira versão do seu relatório. Com esses passos, você pode incluir uma fonte de dados, criar ou verificar visualmente os relacionamentos entre as tabelas, seleção dos campos a serem mostrados, subtotais, ordenação, filtros, etc.

Facilidades para inserir filtros

Fórmulas totalmente programáveis são complementadas com um assistente de filtros de fácil utilização. Simplesmente aplique  filtros com a ajuda de um assistente.

Diferentes tipos de relatórios: Listas, Etiquetas, Tabelas cruzadas (Cross-tabs), Gráficos

A informação pode ser compartilhada de várias maneiras; diferentes tipos de relatórios podem ser feitos. Listas, etiquetas, tabelas cruzadas e gráficos. Cada tipo de relatório atende diferentes propósitos.

Os relatórios não precisam necessariamente ser impressos em papel. Muito pelo contrário, atualmente os negócios demandam a necessidade de abordar métodos digitais no compartilhamento de relatórios, e dos dados. Por este motivo as opções de exportação de relatórios permitem que o usuário crie saídas em PDF, HTML, Word, Excel, CSV e imagens.

Para integrar um relatório com uma aplicação Windows, um visualizador (OCX) está disponível. Entretanto, a entrega da informação não está limitada somente a isto. As pessoas querem ver o relatório em qualquer dispositivo. O DataFlex Reports suporta tecnologias inteligentes, entregando assim as informações em PDF ou HTML na Web e em dispositivos móveis.

Usuários finais podem facilmente criar seus próprios relatórios. Esses relatórios podem ser executados no próprio DataFlex Reports. Para maior flexibilidade, os relatórios podem ser inicializados com parâmetros, via linha de comando.

Banco de dados DataFlex e ODBC (MS SQL Server, Oracle, IBM DB2, etc.)

O DataFlex Reports suporta os bancos de dados mais populares, como o Microsoft SQL Server, Oracle e IBM DB2, além do banco de dados DataFlex.

A biblioteca de integração que acompanha o DataFlex Reports oferece uma grande variedade de opções para controlar qual impressora será utilizada, e como utilizá-la. Isso inclui executar os relatórios em ambientes Citrix, ou Terminal Services, bem como selecionar uma bandeja de papel específica para fazer o trabalho.

Alguns relatórios tornam-se bastante complexos. Para facilitar sua manutenção, por vezes, é melhor dividi-lo em sub-relatórios. Sub-relatórios podem ser totalmente integrados ao relatório principal, o que simplifica ainda mais sua manutenção e implantação.

As camadas de páginas são recursos exclusivos para a ferramenta de criação de relatórios. As camadas de página são uma opção para adicionar um novo visual ao relatório. Semelhante a um plano de fundo, é possível adicionar uma ou mais camadas de página no relatório. As camadas podem ser adicionadas ou removidas do relatório via programação.

Assista a um vídeo sobre camadas de página e o que elas podem fazer para você!!

Forte integração com aplicações Windows e web

Engenheiros de software adoram a vasta e completa biblioteca que acompanha o DataFlex Reports. Ela oferece a eles controle total sobre os relatórios nas suas aplicações, sejam elas Windows ou web.

Quando a informação é mostrada na tela, é possível fazer com que os dados sejam interativos. Isso significa que um clique em uma parte em particular da tela, pode trazer uma janela que ofereça uma funcionalidade específica. É como uma conexão do tipo hyperlink, com um dado oculto (drill-down), ou uma janela pop-up, para alterar o endereço do cliente, cujo registro foi clicado.

Com o editor de fórmulas você pode filtrar dados e definir comportamentos condicionais

Dentro do Studio, ainda no projeto e construção do relatório, o editor de fórmulas oferece todas as funções, variáveis, declarações e constantes. Essas fórmulas podem fazer certos tipos de cálculos, manipulação de textos, ou influenciar a resposta ou aparência do relatório. Imagine uma paginação ou formatação condicional.

Faça com que os dados estejam à sua total disposição, com ou sem um SGBD...

O recurso Runtime Data Source é uma opção muito especial para carregar os dados no seu relatório. A aplicação coleciona os dados dentro de um array virtual e o relatório será executado com base nestes dados. Dessa forma, os dados ficam à total disposição para o programador. Os dados podem vir de um banco de dados, web service, ou alguma outra fonte de dados.

Assista ao vídeo que demonstra como utilizar o Runtime Data Source para criar relatórios avançados!

Às vezes surge a necessidade de utilização de uma função qualquer, altamente especializada, que não é suportada pelo DataFlex Reports. Uma função externa pode ser desenvolvida, por exemplo em C, e ser invocada no sistema, fazendo com que esta nova função fique disponível para criação de fórmulas no DataFlex Reports.